Arquivo

Archive for the ‘Turismo’ Category

VÍDEOS NO TALHADO DE VENTURA – ALCÂNTARAS

Categorias:Turismo, Vídeos

GUIA TURÍSTICO CULTURAL – ATRATIVOS DE ALCÂNTARAS

(Vista aérea da cidade)

No alto da Serra da Meruoca, a 256 km de Fortaleza, entre encostas verdejantes e um clima ameno, está Alcântaras. Suas raízes datam do início do Século XIX. Anteriormente se chamava Sítio São José dos Alcântaras, uma homenagem a família Alcântara, doadora do Patrimônio Eclesial.

(Entrada Principal da Cidade)
Visitando Alcântaras, você pode conferir as belezas e riquezas culturais que só quem ali reside tem o privilégio de desfrutar no seu dia-adia.
(Rapel na Pedra da Gruta)

(Prefeitura Municipal)

Chegando em Alcântaras, você se depara com a Imagem de Nossa senhora do Perpétuo Socorro, tendo aos fundos a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, além de antigos casarões co Centro da cidade pertencentes aos senhores: Roberto Ximenes Aragão, Valdemar Ximenes, Gregório Cunha Freire, Virgílio Fernandes e os antigos engenhos e casas de farinhas.

(Imagem na Entrada da Cidade)

(Gruta de Nossa Senhora de Lourdes)

Saindo da sede do município, encontramos casarões, paióis e ruínas de um antigo comércio pertencentes aos Senhores Firmo Gomes, Domiciano e Chico Gomes, sendo que os paióis têm cerca de 130 anos de idade, datando do Século XIX.

(Sítio Milagres)
(Povoado de Carmolândia)

Subindo até o Distrito de Ventura (corruptela de São Boa Ventura, antigo nome daquele Distrito) você encontra casas históricas como a do ex-vereador Ismael, com cerca de 160 anos, além da pedra e Serrote do Boi, Pedra do Sino e o Talhado de Ventura, lugar apreciado por turistas e o povo do próprio município.

Você pode desfrutar de caminhadas pelas trilhas que levam à Pedra do Frade, à Grota do Lucinho e as Piscinas Naturais da Angelina e Munlugú no Sítio São Roberto. Você pode ainda praticar vários tipos de esportes radicais, dentre eles um rapel no Serrote dos Picos e tomar banho de Cachoeira no mesmo.

(Serrote dos Picos)

A 02 km da sede do município, está localizado um dos lugares mais atraentes e visitados: a Bica do Pinga, que oferece uma formação rochosa e um refrescante banho de bica.

Dessa linda terra, você pode saborear deliciosos bolos, pamonhas, doces de caju e castanha de Dona Joana Carneiro, além de vinhos e cajuínas de Dona Socorro Freire e Maria Freire, as garrafadas de raízes e ervas de Dona Bebé, apreciar os artesanatos de palha, crochê e ponto cruz de Toinha, Chiquinha, Madalena Silva e Cristiane Rocha, os entalhes e miniaturas em madeira dos Senhores Pedro do Rubens e Mazim e as pinturas em quadro de tela dos artistas Frank e Edilene.

Em Alcântaras você também pode conhecer as poesias de Joaquim Silva, José Gerardo e Ferreirinha e ouvir as melodias do poeta Laurindo Fernandes, o maior repentista do município. Sendo Alcântaras um lugar de rara beleza, oferece cenários maravilhosos para um passeio nos finais de semana, com opções para ler um bom livro, retirado na Biblioteca Pública Francisco Cunha Freire, ou mesmo passar as férias já que acontece, no final de julho, um tradicional Festival de Quadrilhas, o maior da região, e no mês de outubro os festejos em louvor a Padroeira, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

(Passeio de Pau-de-arara)

(Grupo Junino Luz da Serra, no Festival de Quadrilhas de Alcântaras 2009)

(Encerramento dos Festejos da Padroeira 2009)

Belas são as noites juninas, onde se costuma fazer uma fogueira na casa dos Antônios, Joãos e Pedros, com celebração de terços, ofertas de comidas típicas (batata, gerimum, milho assado ou cozido, pipoca com café, …) e ás vezes, danças de quadrilhas ou cantorias. É costume de nosso povo fazer noitários, procissões, encenações da vida e morte de Cristo e malhação do Judas na Semana Santa, alé, de outras atrações culturais que surgem no decorrer do ano.

(Arraiá Unidos do Suvaco – Sítio Espirito Santo)

(Arraiá dos Pejoteiros – Alcântaras)

(Paixão de Cristo – Escola Estadual e Grupo de Jovens)
(Malhação do Judas, no Sítio Espirito Santo)
(Leruá)
(Desfile do Bloco Pinga Nim Mim no Carnaval)

Alcântaras, ainda dispõe de formações rochosas como: Pedra do Frade, Pedra Gêmeas, Mãe com o Filho, Caburé, Pedra Furada, Pedra Encantada, dentre outras belezas rochosas como as furnas aquáticas e Choradores, nos Sítios João Pinto, Saquinho e Saco Verde.

Mesmo apresentando uma pequena área de floresta nativa, observa-se a presença de onças vermelhas, veados, tatus, pebas, pacas, pássaros, dentre outros.

Nossa produção agrícola aponta para o plantio de milho, feijão, mandioca, banana e cana-de-açúcar além da produção anual acima de 555 toneladas de castanha de caju.

Lindas são as cachoeiras formadas pelas águas dos riachos existentes em nosso município. Destacam-se as formadas pelo Riacho Ipiranga que são: Bica do Inácio, Bica do Ipiranga, Cachoeira dos Picos, bem como os Porções no Sítio Mata Limpa.

Fascinantes são os locais e vale apenas conhecê-los. Sem dúvidas, Alcântaras ainda é um lugar privilegiado para visitar, pois é um município agradável.

E ainda conta com um povo acolhedor e hospitaleiro.

(Candidatas a Rainha e Candidatos a Rei do Município 2008)

O tempo parece não ter pressa e a Vida segue a passos largos por entre o frio vento que sopra das Serras.

Visite Alcântaras, na Serra da meruoca, Ceará!!!
Categorias:Turismo

XIII FESTIVAL DE QUADRILHAS DE ALCÂNTARAS "UM SÃO JOÃO DE LUZ E CORES"


MAPA DE LOCALIZAÇÃO DO FESTIVAL